Curiosidades Sobre o Dia das Mães.

Olá Meninas, tudo bem?
Como nessa semana, comemora-se o Dia das Mães, nossa matéria hoje é Curiosidades Sobre o Dia da Mãe.

Seja por interesse comercial, religioso, ou até mesmo por adequação a própria cultura local, a primeira curiosidade sobre o Dia das Mães é que:

O Dia das Mães é comemorado em datas diferentes.
Confira quando o Dia das Mães é comemorado ao redor do mundo:

3 de março – Geórgia;
8 de março – Albânia, Rússia, Sérvia, Montenegro, Bulgária, Romênia, Moldavia;
21de março – Egito, Síria, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos;
7 de abril – Grécia;
10 de maio – México, Guatemala, Bahrein, Hong Kong, Índia, Malásia, Qatar, Singapura;
26 de maio – Polônia;
27 de maio – Bolívia, República Dominicana;
12 de agosto – Tailândia;
15 de agosto – Bélgica e Costa Rica;
8 de dezembro – Panamá;
2º domingo de fevereiro – Noruega;
1º domingo de maio – Portugal, Lituânia, Hungria, Cabo Verde, Espanha, Moçambique, Angola;
2º domingo de maio – África do Sul, Austrália, Bélgica, Brasil, China, Dinamarca, Alemanha, Estônia, Finlândia, Grécia, Itália, Japão, Canadá, Países Baixos, Nova Zelândia, Áustria, Peru, Suíça, Formosa, Turquia, EUA e Venezuela;
Último domingo de maio – França (se coincide com Dia de Pentecostes, é transferido para o primeiro domingo de junho), Suécia;
2º domingo de outubro – Argentina;
3º domingo de outubro – Bielorrússia;
1º dia da primavera – Palestina, Líbano;
2 semanas antes do Natal – Iugoslávia;

Outras Curiosidades

– Algumas tribos, como os Assam, na África, afirmam não ter famílias, mas sim “maharis”, ou seja, “maternidades”.
– Os nomes das famílias chinesas têm geralmente uma indicação (prefixo) relativa à maternidade. É uma maneira de homenagear as mães da família.
– A Família Imperial do Japão assinala os seus descendentes a partir de Omikami Amatersasu, a Mãe do Mundo.
– As escrituras da religião hindu atribuem à Grande Mãe Kali Ma a invenção da escrita, através de alfabetos, pictogramas e imagens sagradas de grande beleza.
– O Presidente George Washington disse um dia: “A minha mãe é a mulher mais bonita que alguma vez vi. Atribuo todo o meu sucesso na vida, à educação moral, intelectual e física que recebi dela”.

Dia Das Mães 1

 

Dia das Mães 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dia das Mães 3Dia das Mães 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dia das Mães 5

Não existe diferença, seja qual for a Etnia, a Religião ou Nação, é muito importante a Mãe na vida de qualquer pessoa, Mãe é uma dádiva, Mãe é e sempre será especial e merece ser homenageada.

Aproveite esse dia e beije, abrace, dê e receba muito carinho, passe um Dia das Mães especial ao lado dessa pessoa tão especial, tão amada e que tanto ama.

E nós da Center Cintas Mega Store, queremos deixar aqui nossa homenagem e desejar um FELIZ DIA DAS MÃES!

 

 

 

 

 

 

 

 

A História do Dia das Mães.

Olá Meninas, tudo bem?

Essa semana é muito especial, é semana de homenagearmos as Mamães.

É uma data especial, uma das datas mais importantes e também  uma das mais comemoradas.

Vocês nunca se perguntaram como surgiu e o porque de se separar um dia específico para as mamães? Claro que todas as mamães merecem ser homenageadas e lembradas todos os dias, mas qual a origem dessa data tão especial?

Preparamos uma matéria hoje, sobre A História do Dia das Mães.

A primeira comemoração do Dia das Mães, achamos lá na mitologia grega, onde  a chegada da primavera era festejada em honra de Rhea, a Mãe dos Deuses.

Rhea mãe dos deuses.

Depois disso, o próximo registro de comemoração do Dia das Mães foi no século XVII, na Inglaterra, onde de dedicava o quarto domingo da Quaresma às mães das operárias inglesas e nesses dia, chamado de  “Mothering Day”, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com suas mães.

Em 1872, nos Estados Unidos, uma escritora chamada  Júlia Ward Howe, sugeriu a criação de uma data para se comemorar o Dia das Mães.

Júlia Ward Howe

Mas foi outra mulher americana, chamada Ana Jarvis, filha de Pastores quem iniciou a campanha para instituir o Dia das Mães. em 1905, Ana perdeu sua mãe e entrou em uma depressão profunda, e suas amigas preocupadas com o sofrimento de Ana, tiveram a idéias de homenagear sua mãe e perpetuar sua memória com uma festa. Ana se alegrou e pediu para que fosse uma festa e uma homenagem para todas as mães, vivas ou mortas para que as crianças se lembrassem e homenageassem suas mães em um dia especial e para que isso também servisse para  fortalecer os laços familiares e o respeito pelos pais.

 Ana Jarvis

Ana lutou por essa data durante três anos e somente em 26 de abril de 1910, quando o governador de Virgínia Ocidental, William E. Glasscock, incorporou o Dia das Mães ao calendário de datas comemorativas daquele estado. Rapidamente, outros estados norte-americanos aderiram à comemoração.

Em 1914, o presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson, unificou a celebração em todos os estados, estabelecendo que o Dia Nacional das Mães deveria ser comemorado sempre no segundo domingo de maio. A sugestão foi da própria Anna Jarvis. Logo após, mais de 40 países adotaram a data.

Ana morreu em 1948, aos 84 anos. Recebeu cartões comemorativos vindos do mundo todos, por anos seguidos, mas ela  nunca chegou a ser mãe.

No Brasil, o primeiro Dia das Mães,  foi promovido pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, no dia 12 de maio de 1918, e em 1932, o presidente Getúlio Vargas oficializou a data no segundo domingo de maio.

Curiosidade

Os Cravos, se tornaram Símbolo da Maternidade, pois durante o primeiro Culto das mães,  Ana enviou 500 cravos brancos, escolhidos por ela, para a Igreja de Grafton.

Cravos Brancos, símbolo da maternidade.

Igreja de Grafton

Em um telegrama para a congregação, ela declarou que todos deveriam receber a flor em memória do Dia e as Mães deveriam ganhar dois cravos.

Para Ana, a brancura do cravo simbolizava pureza, fidelidade, amor, caridade e beleza. Durante  anos, Ana enviou mais de 10 mil cravos para a igreja, com o mesmo propósito.

Os cravos passaram a ser comercializados após a sua morte.

Linda a História! Esperamos que tenham gostado.  E por ser uma data tão especial, queremos fazer algo especial, deixem algumas palavras sobre a Dádiva de Ser Mãe e estaremos selecionando algumas para publicarmos em nossa próxima matéria em homenagem à todas as Mamães.

Vamos lá meninas caprichem!

Um Beijo e Até Mais.